Descarte irregular de lixo é crime ambiental e gera multa

A grandiosidade da obra viária do Jardim São Camilo, que a FUMAS começou a realizar a partir do reassentamento de 400 famílias que foram retiradas do trecho submetido à intervenção, está modificando toda a cara do bairro. Além da rua que interligará o São Camilo ao Jardim da Fonte, também foi ampliada a Rua José Maria Whitaker, que fica na parte baixa do bairro.

Descarte irregular de lixo no São Camilo: crime ambiental pode resultar em multa de R$ 400,00 a R$ 800,00

Lixo de construção depositado irregularmente ao longo da rua de interligação que está sendo construída

“Já estamos com cerca de 35% da obra concluída e previsão para finalização em 2018”, destaca o engenheiro da FUMAS, José Cícero de Araújo Novaes, responsável pelo acompanhamento da obra, lembrando que um dos problemas que tem enfrentado ultimamente no local é o descarte irregular de lixo.

“A obra está ficando linda, mas em muitos locais, quando as equipes chegam para trabalhar de manhã, são obrigadas a ficar retirando entulho e lixo que foi descartado inadequadamente pelos próprios moradores do bairro”, completou o engenheiro da FUMAS.

Vale lembrar que o descarte irregular de lixo é considerado crime ambiental previsto pela Lei 2140/1975 e está em constante fiscalização pela Prefeitura de Jundiaí. Quando constatada a ação, que pode inclusive ser denunciada pelo 156, a multa varia entre R$ 400,00 (até 1m³) e R$ 800,00 (acima de 1m³). Para denúncias, basta ligar para o 156.

Assessoria de Imprensa – FUMAS
Fotos: Divulgação

Publicada em 20/07/2017 ▪ Leia mais sobre , , ,


Fundação Municipal de Ação Social – FUMAS

Av. União dos Ferroviários, 2222 - Centro - Jundiaí - SP | Telefone: (11) 4583-1722 | Fax: (11) 4583-1718

FUMAS | Desenvolvido por CIJUN