FUMAS | https://fumas.jundiai.sp.gov.br

Prefeitura amplia regularização com Vila Palma

Publicada em 13/07/2015 às 09:15

Com longa história de lutas, os 40 moradores da Vila Palma receberam, no sábado (11), as matrículas individuais de seus lotes e casas que finalizam as providências da Prefeitura de Jundiaí e agora podem iniciar o registro em cartório de imóveis.

Com origem nas casas de ex-trabalhadores de uma olaria que deixou de funcionar na década de 1950, e com episódios de ameaça de despejo, o conjunto de casas próximas ao Jardim Danúbio finalmente está regularizado.

Fumas-entrega-documentos-Vila-Palma_c_32_G

Bigardi explicou que a conquista é dos próprios moradores e resgatou luta contra despejo

 

“O título de propriedade do imóvel é o ponto decisivo do direito à moradia, e estamos falando de moradores da cidade por várias gerações que tinham esse problema. Não é fácil, mas estamos priorizando essa questão”, afirmou o prefeito Pedro Bigardi durante a solenidade, realizada ao ar livre.

Em 1993, quando passou a trabalhar na Fundação Municipal de Ação Social (Fumas) como engenheiro, Bigardi lembra que, na equipe do então coordenador, padre Paulo André Labrousse, os desafios imediatos eram um sítio com famílias despejadas que acabaram construindo um conjunto popular na Vila Nambi, uma ocupação que foi depois urbanizada na Vila Maringá e a própria Vila Palma. “Trabalhei muito com o Milton Calzavara neste caso aqui”, afirmou.

A moradora Daniele Fernanda Coelho Rocha apontou a união dos moradores e o apoio de técnicos como fatores para o resultado e lembrou que alguns já faleceram, mas todos foram essenciais. O local tem área verde, área de recreação infantil e casas definitivas financiadas pela Caixa Federal, também na década de 1990, em arranjo com a Fumas.

Regularizando
No caso de moradores comprovados da cidade, a preocupação com a regularização fundiária no atual governo foi confirmada tanto pelo superintendente da Fumas, Waldemar Foelkel, o Cabelo, como pela secretária de Planejamento e Meio Ambiente, Daniela da Camara Sutti.

A Fumas, lembrou Foelkel, conseguiu promover a regularização de interesse social dos conjuntos na Vila Pedra Bela, Vila Comercial (Flores), Vila Maringá, Vila Esperança, Vila Palma e Parque dos Ingás. Já a regularização de interesse específico, agora atribuída para a Secretaria de Obras, envolveu mais de mil famílias e também a ampliação das áreas verdes públicas para mais 600 mil metros quadrados no processo.

A solenidade contou ainda com o vice-prefeito, Durval Orlato (que, em sua intervenção, rememorou as partidas de futebol no antigo campo improvisado ao lado), do secretário de Administração, Denis Crupe, e representantes técnicos.

Fumas-entrega-documentos-Vila-Palma_c_90_G

Daniele, ao lado do pai, recebe a matrícula definitiva do imóvel: atenção com áreas verdes

 

Gerando ideias
O conjunto de casas já contou com moradores como o artista plástico Lima Júnior, hoje mais conhecido internacionalmente do que na própria cidade. E continua gerando novas ideias, como Daniele Fernanda destacou ao indicar a área verde próxima ao conjunto como algo a merecer atenção. “Vemos animais silvestres aqui”, comentou.

O próprio prefeito Pedro Bigardi, depois de lembrar da prioridade da regularização para casos que estão há 20 ou 30 anos aguardando, destacou que o projeto residencial da Vila Palma foi do arquiteto Jorge Lino, o Pio. “Salvo engano, foi premiado em algum dos certames de que participou”, frisou.

José Arnaldo de Oliveira
Fotos: Cleber de Almeida


Link original: https://fumas.jundiai.sp.gov.br/2015/07/prefeitura-amplia-regularizacao-com-vila-palma/