FUMAS | http://fumas.jundiai.sp.gov.br

Galeria dos Superintendentes marca os 40 anos de criação da FUMAS

Publicada em 20/09/2019 às 18:02

Homenagem aos superintendentes também se estendeu aos funcionários que atuaram nos 40 anos de existência da FUMAS

Há 40 anos, no dia 21 de setembro de 1979, nascia a FUMAS – Fundação Municipal de Ação Social – órgão ligado à Prefeitura de Jundiaí e responsável pela implantação e supervisão da política habitacional do município. Para marcar a data, uma galeria com fotos de todos os que já ocuparam o cargo de superintendente foi inaugurada na manhã desta sexta-feira (20), na sede da Fundação, no Complexo Fepasa.

Ao todo, 19 personalidades que já responderam por esta função ganharam uma foto na Galeria dos Superintendentes, criada num espaço dentro do prédio administrativo da Fundação.

“A ideia da Galeria surgiu como forma de, através da representação da figura do superintendente, homenagearmos não só os próprios, mas também todos os funcionários”, destacou a superintendente Solange Marques, que iniciou seu trabalho na Fundação em 1993, quando atuava no departamento jurídico. “Através do gestor, homenageamos todos os servidores que já passaram por aqui e que deram a sua contribuição para que o trabalho desenvolvido pela FUMAS pudesse ter a relevância que tem hoje”, acrescentou Solange, que responde pela segunda vez pela Superintendência da Fundação.

O primeiro a responder pelo cargo de foi o engenheiro José Pedro Rosell Baldris, que, na época, também era o superintendente da DAE, e ficou à frente da Fundação até o ano de 1983. “Foi uma época muito boa, que a gente trabalhava bastante e comemorava cada conquista para a cidade, como foi a criação da FUMAS. Naquela época, atendi um pedido do então prefeito Pedro Fávaro para assumir a direção e conduzi os dois órgãos simultaneamente”, contou ele que, aos 84 anos, ficou bastante emocionado com a homenagem.

Ao todo, 19 superintendentes já passaram pelo comando da FUMAS; os que não puderam estar presentes ou já faleceram, foram representados por familiares ou funcionários

O arquiteto Roberto Franco Bueno, que assumiu a FUMAS após Baldris e permaneceu até 1984 no cargo, fez questão de trazer toda a família para acompanhar a homenagem. “Fiquei muito feliz pela lembrança”, comentou. Outro que se emocionou bastante foi Irami Piola, irmão de Leonel Piola, que presidiu a Fundação de 1987 a 1989. Já falecido, Leonel foi representado pelo irmão e pelo filho Carlos, que lembrou da importância de se celebrar a memória de quem já trabalhou muito pela comunidade. “Uma lembrança assim, com tanto carinho, nos deixa muito felizes e gratos”.

Todos os superintendentes da FUMAS foram convidados a subir ao palco e foram homenageados por alguns dos funcionários mais antigos da Fundação. Momentos antes de descerrar o pano que cobria as fotos, o padre Milton Rogério Vicente, que representava, na ocasião o Bispo Dom Vicente e o Padre Paul André Laurier Labrosse (que também foi superintendente entre os anos de 1993 e 1996), abençoou a FUMAS e todos os presentes.

Ação Social desde o início

Responsável pela implantação e supervisão da política habitacional do município nas últimas quatro décadas, a FUMAS traz em sua base a ação social. O primeiro trabalho executado pela Fundação foi o Programa de Suplementação Alimentar (PSA), que distribui até hoje cerca de 1000 refeições por dia em 14 pontos distribuídos dentro de núcleos assistidos pela FUMAS, como forma de reforçar a alimentação de crianças até 12 anos, idosos, gestantes, mães lactantes e pessoas em recuperação de uma doença.

Sua criação contou também com a participação ativa do ex-prefeito Ary Fossen e sua esposa, dona Marialice Fossen, justamente lembrados por Eduardo Palhares, superintendente da DAE e que falou um pouco sobre os mais de 10 anos que desempenhou o mesmo cargo à frente da FUMAS. “Me lembro que a criação da FUMAS foi uma atenção ao pedido feito pelo Bispo Dom Gabriel ao Seu Ary e dona Marialice, para que o poder público olhasse mais pelas pessoas mais pobres e é isso o que a FUMAS faz até hoje.”

12 mil unidades habitacionais

Nestas quatro décadas de trabalho, a FUMAS já intermediou a entrega de aproximadamente 12 mil unidades habitacionais, entre casas, apartamentos e lotes de interesse social, transformando áreas ocupadas por favelas, cortiços ou outras formas de submoradias em locais habitáveis e com toda a infraestrutura necessária.

Desde o ano 2000, a FUMAS também responde pelo suporte e atendimento às famílias no momento difícil da partida de um ente querido, administrando o Velório Municipal Adamastor Fernandes, e os cemitérios municipais Nossa Senhora do Desterro e Nossa Senhora do Montenegro.

“Nossa atuação mais lembrada será sempre a habitação de interesse social em núcleos de submoradias, mas não é nossa única missão. Mantivemos o nome ‘Ação Social’ com a entrada do Serviço Funerário e também seguimos trabalhamos para proporcionar a dignidade e o sentimento de pertencimento aos que mais necessitam, especialmente trabalhando pela realização do sonho da casa própria para famílias com renda mais baixa”, destacou Solange, lembrando que atualmente a FUMAS aguarda uma definição do Governo Federal para poder colocar em práticas alguns dos muitos projetos habitacionais pelos quais tem trabalhado para implementar em Jundiaí.

A Galeria dos Superintendentes da FUMAS ficará à disposição para quem quiser conhecê-la, na sede da Fundação e, em breve, também estará acessível pelo site www.fumas.jundiai.sp.gov.br

Assessoria de Imprensa – FUMAS
Fotos: Divulgação




Link original: https://fumas.jundiai.sp.gov.br/2019/09/galeria-dos-superintendentes-marca-os-40-anos-da-fumas/