FUMAS | https://fumas.jundiai.sp.gov.br

Carlos Cordts

Principal atividade ou função histórica: Música
Nascimento: 09/09/1886
Sepultamento: 02/04/1954
Localização: Quadra 8
Descrição do jazigo: Sepultura revestida de cerâmica, no estilo contemporâneo


Dados biográficos e menção histórica:

O músico Carlos Cordts estudou violino em Campinas, com a professora Ana Gomes e tornou-se um violinista de renome. Mudou-se para Jundiaí no início do século XX, quando as oficinas da Companhia Paulista de Estradas de Ferro foram transferidas para a cidade. Na empresa, trabalhou ao lado dos engenheiros Jayme Cintra e Francisco de Monlevade, aposentando-se como chefe da Seção de Engenharia.

Em Jundiaí, fez parte da orquestra que se apresentava no Cine Teatro Polytheama, nos tempos do cinema mudo. Também integrou a orquestra da Sociedade de Cultura Artística, sob regência do maestro José Maria Passos. Fez parte, também, do grupo Chorões do Japy.

Além de músico, destacou-se como organizador de memoráveis bailes e festas beneficentes realizados no Grêmio da Companhia Paulista. Era um excelente orador, foi membro da comissão da 1ª Festa da Uva de Jundiaí, presidente do Paulista F.C. Também foi combatente da Revolução Constitucionalista de 1932, atuando como mensageiro do correio MMDC.