FUMAS | http://fumas.jundiai.sp.gov.br

Dr. Domingos Anastasio

Nascimento: 30/03/1875
Data de Falecimento: 20/07/1938
Localização: Quadra 4

Dados biográficos e menção histórica:

Nascido em Paola, província de Cosenza, Itália, Domingos Anastasio iniciou seus estudos em Roma, onde se formou em medicina em 1898. Veio para o Brasil em 1904, tendo passado antes pelo Rio de Janeiro, Minas Gerais e a capital paulista. Atuou em Campinas e mudou-se para Jundiaí em 1909. Era casado com Emília Michelina Ricci de Anastásio. Por aqui, visitava a casa dos pacientes e nunca cobrou nada para atender os pobres. Doava remédios e dinheiro para que seus pacientes não interrompessem os tratamentos de saúde. Por 14 anos trabalhou no Hospital São Vicente de Paula, onde ao lado de outros compatriotas fundou a Fratellanza do Mútuo Socorro, destinada a atender os imigrantes italianos. Em 1924, foi responsável por transformar a antiga sociedade Fratellanza no hospital Casa de Saúde, ampliando o atendimento médico para os demais cidadãos.
Vítima de um AVC, agonizou durante vários dias enquanto outros colegas médicos de Jundiaí e Campinas tentaram em vão salvá-lo da morte. A notícia de seu falecimento encheu a cidade de tristeza e seu funeral trouxe milhares de pessoas para acompanhar o cortejo pelas ruas centrais até o Cemitério do Desterro. Após sua morte, a Casa de Saúde passou a se chamar Dr. Domingos Anastasio, assim como a praça localizada na esquina entre as ruas Rangel Pestana e Torres neves, onde até hoje existe um busto de bronze em sua homenagem. É, até hoje, um dos túmulos mais visitados do Cemitério Nossa Senhora do Desterro, sempre recebendo muitas orações, velas e flores.