FUMAS | http://fumas.jundiai.sp.gov.br

Manoel Annibal Marcondes

Principal atividade ou função histórica: farmacêutico e ex-prefeito de Jundiaí (1938 a 1943)
Nascimento: 10/12/1903
Falecimento: 22/11/1943
Localização: Quadra 3

Dados biográficos e menção histórica:

Responsável pela reforma que ampliou o Cemitério Municipal Nossa Senhora do Desterro, o prefeito Manoel Annibal Marcondes morreu alguns meses após a conclusão da obra. Foi alvejado com três tiros por um militar do Exército e morreu dois dias depois, em 22 de novembro de 1943. O crime ocorreu no início da noite, na farmácia de propriedade de Manoel, localizada na esquina das ruas do Rosário e Bernardino de Campos, no Centro. O assassino disparou três tiros e, logo após, tentou o suicídio, usando um punhal. O motivo do crime nunca foi esclarecido. Sua memória mantém-se viva através de homenagens como a da EMEB que leva o seu nome, localizada em frente à Praça da Bandeira, no Centro.