FUMAS | http://fumas.jundiai.sp.gov.br

Secundino Veiga

Principal atividade ou função histórica: Educacional
Nascimento: 15/09/1870
Sepultamento: 12/09/1953
Localização: Quadra 4
Descrição do jazigo: Sepultura em granito polido, estilo modernista.

Dados biográficos e menção histórica:

Jornalista, Secundino Veiga nasceu na cidade de Porto, em Portugal, e veio com a família para o Brasil aos 16 anos de idade. Fixaram-se, inicialmente, em Belém do Pará, onde começou a escrever para jornais republicanos. Retornou a Portugal para tratamento de saúde e, na volta ao Brasil, instalou-se no Rio de Janeiro, onde escreveu para o Jornal do Brasil.

Mais tarde, transferiu-se para São Paulo, onde trabalhou no Correio Paulistano e, em 1911, a convite dos doutores Eloy Chaves e Olavo Guimarães, veio assumir a direção do extinto jornal O Jundiaiense, com tendências republicanas. Permaneceu à frente do órgão até morrer. Na passagem de Ruy Barbosa por Jundiaí, em sua campanha civilista para a Presidência da República, Secundino Veiga foi incumbindo de saudá-lo, como orador do Partido Republicano.