FUMAS | https://fumas.jundiai.sp.gov.br

Maestro Frederico Nano

Principal atividade ou função histórica: Cultural
Nascimento: 20/08/1898
Sepultamento: 10/03/1947
Localização: Quadra 18
Descrição do jazigo: Sepultura de granito, com predominância do estilo modernista


Dados biográficos e menção histórica:

Mais conhecido como “Verdi Jundiaiense”, o Maestro Frederico Nano deixou um legado de grandes composições, como as valsas “Ernesta”, “Ramos de Flores” e “Coração Bondoso”. É dele a autoria da primeira sinfonia composta por um músico jundiaiense.

Foi também autor de diversas marchas, entre elas, “Triunfo” e “Homenagem ao Maestro Farina”.

Frederico Nano tambem foi maestro da Banda São João Batista, além da União Cultural e Recreativa Banda. Foi homenageado emprestando seu nome a uma rua no bairro da Vila Progresso.