FUMAS | https://fumas.jundiai.sp.gov.br

Professor Luiz Rivelli

Principal atividade ou função histórica: Educacional
Nascimento: 22/04/1887
Sepultamento: 30/10/1977
Localização: Quadra 4
Descrição do jazigo: Sepultura revestida de mármore.

Dados biográficos e menção histórica:

Por gerações, o professor Luiz Rivelli foi referência no ensino jundiaiense. Era filho de Ângelo e Maria Umbelina Rivelli e casado com Maria Júlia Araújo, com quem teve quatro filhos: Lúcio Ângelo, Alceu, Ulysses e Beatriz. Em 1913, diplomou-se em magistério pela Escola Normal Caetano de Campos em São Paulo e, no ano seguinte, começou a dar aulas na Escola Mista do Caxambu, onde também deu aula à noite para adultos. Entre 1930 e 1932, quando também participou da Revolução Constitucionalista, foi diretor substituto do Grupo Escolar Barão de Jundiaí e do Grupo Escolar Siqueira de Moraes e, em 1938, efetivou-se como diretor do Grupo Escolar Pedro de Oliveira.

Aposentou-se em 1950, recebendo, inclusive, uma homenagem da Câmara Municipal pelos bons serviços prestados à Educação. Foi também homenageado em duas ocasiões pelo Centro do Professorado Paulista: em 1970, com o diploma de Honra ao Mérito por “ajudar a construir o futuro do Brasil” e, em 1973, com o título de “Professor do Ano”.

Seu trabalho e dedicação ao ensino jundiaiense também foram reconhecidos através da nomeação de uma escola, situada na Vila Marlene, que desde 1982 leva o seu nome.