FUMAS | https://fumas.jundiai.sp.gov.br

Professora Haydée Dumangin Mojola

Professora Haydée Dumangin Mojola (no destaque, jogando xadrez com o sobrinho Mário Dumangin Santos)

Principal atividade ou função histórica: Educacional
Nascimento: 21/03/1898
Sepultamento: 04/12/1965
Localização: Quadra 13
Descrição do jazigo: Sepultura de granito.

Dados biográficos e menção histórica:

 A professora Haydée Dumangin Mojola lecionou música para várias gerações de jundiaienses.

Filha do arquiteto francês formado em Paris, Maurice (Mauricio) Dumangin, e da espanhola natural de Salamanca, Felisa Iglesias, Haidée também tinha uma irmã, Amélia Dumangin Santos.

Seu pai mudou-se para Jundiaí para ser arquiteto e desenhista das linhas férreas da região, assim como de importantes edifícios, como o prédio do Hospital São Vicente de Paula.

Era casada com o Pedro Calau Mojola (médico e vereador) e teve 3 filhos: Mercedes, Roberto Mauricio (que faleceu ainda criança) e Maurício.

Haydée destacou-se no segmento artístico, tendo deixado como importante legado a autoria da música “Terra Querida, Jundiaí”. Cinco anos antes de seu falecimento, em 17 de novembro de 1960, a professora Haydée pode ver sua obra se tornar, através da Lei Municipal Nº 869, o Hino Oficial do Município.