FUMAS | http://fumas.jundiai.sp.gov.br

FUMAS avança em ações no São Camilo e habitação de interesse social

Publicada em 26/12/2017 às 11:00

A superintendente Solange Marques, e o engenheiro José Cícero Araújo Novaes, da FUMAS, durante uma vistoria de rotina na obra do São Camilo

Dentre as várias ações feitas nos núcleos atendidos pela Fundação Municipal de Ação Social (FUMAS), no ano de 2017, uma das maiores, sem dúvida, é a obra de abertura de vias do Jardim São Camilo, com a construção da interligação viária entre as ruas Pedro Ravaiani e Ângelo Rivelli, no Jardim da Fonte, além do prolongamento da rua José Maria Whitaker (já concluído). Os serviços contemplam uma das etapas do processo de reurbanização do bairro desempenhado pela Prefeitura.

A grandiosidade da obra no bairro – a qual já atingiu 50% de conclusão e também representou o reassentamento de 400 famílias nos Residenciais Gênova e Roma – ainda incluiu a construção de um muro de contenção em gabiões, com 70 metros de extensão por 13 de altura, considerado, até o momento, o maior do gênero aqui no município. Para a continuação do projeto de reurbanização, estão sendo estudadas áreas no bairro para a construção de mais unidades habitacionais do faixa 1 do Minha Casa Minha Vida, a serem direcionadas às famílias que ainda permanecem na área de risco do núcleo.

O chamamento público dos inscritos no Viver Aqui para o primeiro empreendimento habitacional do programa – o Residencial Camélia, na Vila Padre Renato – foi outra ação iniciada pela FUMAS neste ano. Estão sendo chamados inscritos nos grupos de 1 a 4 (famílias com renda até 3 salários) para oferecer as condições do financiamento do Minha Casa Minha Vida, que resultará na construção de 36 apartamentos.

“Apesar das limitações financeiras, no que diz respeito à habitação, o empenho segue absoluto para viabilizar novos empreendimentos de interesse social que possam atender uma parcela maior da demanda que temos hoje na Fundação”, disse a superintendente da FUMAS, Solange Marques.

Outra ação relevante feita pela Fundação foi a entrega de 21 apartamentos na Vila Ana, em abril deste ano. Foi a terceira etapa de um empreendimento que nasceu em 2007, com a assinatura do contrato que deu início ao processo de reurbanização do bairro. Ao todo, foram entregues 144 apartamentos às famílias moradoras da Vila Ana, representando investimentos da ordem de R$ 1,6 milhão.

Também neste ano, no mês de setembro, a construtora Santa Ângela entregou 124 unidades do Residencial Ágata, resultado de uma parceria na qual a FUMAS foi responsável pela indicação de 1800 habilitações para a demanda, tendo sido aprovados pela construtora 314 compradores. As próximas entregas estão previstas para fevereiro (Residencial Topázio) e outubro de 2018 (Safira), ambas com 95 unidades cada.

Em novembro, o projeto de reurbanização foi retomado no Jardim Novo Horizonte. Após o cumprimento das ações de reintegração de posse promovidas no bairro, a FUMAS iniciou, em parceria com a Unidade de Gestão de Infraestrutura e Serviços Públicos (UGISP) a abertura de quatro novas ruas, começando pela rua que liga a Estrada Municipal do Varjão e a Rua Oito, onde futuramente funcionará a UPA.

Assessoria de Imprensa – FUMAS
Fotos: Fotógrafos PMJ




Link original: https://fumas.jundiai.sp.gov.br/2017/12/um-ano-de-muito-trabalho-para-a-fumas/